Minhas Sinceras mais inuteis desculpas

  As vezes desculpas não são a solução, mas é o máximo que eu posso fazer te pedir desculpas e esperar por seu perdão mais sincero, esperar que as coisas voltem a ser como eram, ou então simplesmente mudem pra melhor. Não aguentava aquele silêncio (não proposital) que me cortava a cada suspiro que não vinha seguido de um ”esse suspiro é culpa sua” ou então de um “eu te amo” sincero como os que você costumava me dizer. Era apenas um silêncio as vezes cortado por um suspiro de tristeza ou então por um choro engolido.
   Dói eu admito, dói te ver assim, dói saber que é por minha causa e dói mais ainda não poder te abraçar, olhar nos teus olhos e dizer ”vai passar, eu estou aqui com você”.

 Minhas sinceras desculpas, mesmo não funcionando é o que eu posso fazer

Anúncios

Eu não existo sem você

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você

(Vinícius de Moraes)

Forgive me, I’m trying to find my calling
I’m calling at night
I don’t mean to be a bother, but have you seen this girl?
She’s been running through my dreams
And it’s driving me crazy, it seems
I’m gonna ask her to marry me

Even though she doesn’t believe in love
He’s determined to call her bluff
Who could deny these butterflies?
They’re filling his gut

“Remembering Sunday – All Time Low ”  

E esse foi o começo de tudo…

Só enquanto eu respirar vou me lembrar de você…

A sua ausência tinha a capacidade de silenciar meu mundo, cada dia sem você parecia uma eternidade, a verdade daqueles dias fazia feridas muito fndas em minha alma, me fazendo derramar um grande rio de lágrimas.quando te encontrava fingia estar bem, figia sorrisos que na verdade queriam se quebrar e escorrer pelo meu rosto e meus olhos, somente meus olhos eram capazes de transmitir a tristeza que eu realmente sentia dentro de mim.

E esses dias passaram, as coisas mudaram e agora somos eu e você dividindo o resto de nossas vidas, você se tornando cada dia mais esencial, se tornando o ar que eu respiro. Afinal, se você não da mais pra viver…

Só enquanto eu respirar vou me lembrar de você…(8)

Texto tomando como base na musica “O Anjo Mais Velho – O Teatro Mágico”

Lá  estava ele, mais uma vez se trancando em seu mundinho de solidão, guiado pro incertezas ocasionadas por grandes (des)amores .Suas únicas amizades eram suas pílulas de anti-depressivo e a lua, que o escutava sem reclamar todas as noites até ele adormecer em um sono profundo. Com o seu coração em míseras migalhas, sem razão ou condição alguma para continuar batendo, continuar vivendo era um sacrifício, cada segundo parecia uma faca a mais que era cravada eu seu corpo o fazendo derramar lágrimas que o queimavam quando tocavam sua face.

Os dias custavam a passar, e quando passavam ele tinha cada vez mais certeza de que sua vida acabará no momento em que seu coração deixou de crer no amor, nas coisas que ele era capaz de sentir quando esse sentimento o habitava. O amor simplesmente o abandonara no momento em que ele mais precisava, que ele mais queria e era única coisa que poderia alegra o seu frágil coração. E o amor chegou, o encheu de esperança, de alegria, o fazia acordar todos os dia como se tivesse uma razão para sorrir todos os dias. Mas com a mesma velocidade e intensidade que esse amor chegou, rapidamente partiu sem motivo algum, sem bilhete ou aviso, simplesmente o deixou.

Depois de tanto sofrer e passar um longo tempo montando o quebra cabeça do seu coração em pequenos pedaços, ele chegou a conclusão de que seu coração não aguentava mais sofrer, ele não tinha mais lágrimas e muito menos cabeça para aguentar tudo aquilo novamente e simplesmente preferiu “congelar” seus sentimentos.

Em mais um de seus dias de porre pela cidade eis que, seu coração volta a bater, volta a sentir aquele sentimento ao mesmo tempo tão gostoso e que da medo ainda mais depois de tudo que ele já passou. Ele acaba conhecendo uma menina, ela foi capaz de chamar sua atenção, fazer seu coração bater mais rápido, e quando ficaram, ela foi capaz de fazê-lo esquecer de tudo o que acontecia ao seu redor.

E o seu medo de momento se concretizou, ele se apaixonou, e acabou se magoando por coisas que acabaram acontecendo, mas o sentimento que cresceu dentro dele era grande demais para poder desistir dela assim.

E por não desistir no final deu tudo certo, o tanto que ele correu atraz valeu a pena, ela sabe como fazê-lo feliz, como arrancar um sorriso bobo sem motivo nenhum.

Com o sorriso mais bonitos, os melhores carinhos e principalmente depois de tudo ele pode dizer : ELA É MINHA NAMORADA, e amanhã esses dois fazem 2 meses de namoro *-*

E o ele dessa história sou eu, e o ela é uma tal de Marcella Renzetti Tartoni, a minha namorada e a maior prova de que quando você acha que um amor é verdadeiro deve se fazer de tudo para dar certo, que no final realmente dá.

O mais atraente nela é seu charme, seus mistérios e o que ela oculta.

A doçura da voz e o encanto do sorriso.

A promessa de algo totalmente desconhecido.

Ela é capaz de enlouquecer qualquer pessoa com um olhar de desejo contido num sorriso tímido, e unindo isso a dezenas de outros artifícios, lhes remetem a um jogo de sedução tão imprevisível e excitante, onde em um piscar de olhos tudo parece fazer sentido…

Inteligência é afrodisíaco, vulgaridade não.

A verdadeira beleza dela está em suas idéias, na sua postura elegante, nos mínimos detalhes da sua personalidade e no seu olhar penetrante.

E não no seu par de pernas que nunca estão à mostra ou no seu decote exagerado inexistente…

Isso é apenas detalhe.

Entradas Mais Antigas Anteriores